+55 (31) 3681-6388
Pesquisar
Close this search box.

A segurança elétrica nos equipamentos eletro médicos

A segurança elétrica é um aspecto crucial e obrigatório dos equipamentos eletromédicos. Uma vez que esses equipamentos operam conectados ao sistema de energia elétrica e, por isso, é fundamental garantir a proteção dos pacientes e profissionais de saúdes contra riscos de choques elétricos durante a utilização desses equipamentos.

NBR IEC 60601-1

A norma NBR IEC 60601-1 estabelece entre outros, os requisitos relacionados à proteção contra choques elétricos para aplicações médicas. Esse padrão, praticamente obriga que os equipamentos eletromédicos sejam totalmente à prova de falhas em seu uso normal e funcionem de maneira confiável durante em toda a vida útil do produto. Por tanto, os equipamentos médicos utilizados em diagnósticos, tratamento ou monitoramento de pacientes devem atender a requisitos de segurança extremante elevados.

Além disso, os fabricantes também, devem implementar processos de controle de qualidade, em que essas proteções são verificadas em 100% dos produtos fabricados, além de providenciar maneiras de documentar todos os resultados desses processos em detalhes.

Segurança elétrica para maior confiabilidade

A medicina moderna é totalmente dependente do sistema de transmissão de energia elétrica. No brasil, as instalações elétricas utilizam valores nominais de tensão alternada de 127V ou 220Vac com uma frequência nominal de 60Hz. As instalações elétricas podem esporadicamente ser submetida, por exemplo, a uma descarga atmosférica que eleva perigosamente o potencial da rede a milhares de volts.

Sabendo dessas possíveis falhas nas instalações elétricas, a norma NBR IEC 60601-1 especifica meios para redução do risco de choques elétricos ao mínimo possível. Para isso, é exigido que os equipamentos eletromédicos devem possuir pelo menos 2 MOPP (meio de proteção do paciente) ou 2 MOOP (meio de proteção do operador). Isso garante que se um dos meios de proteção falhar, o outro meio de proteção entre em ação, garantindo a proteção dos pacientes e operadores do equipamento.

Ensaios de Rotina segundo a NBR

Para implementar esses meios de proteção, os engenheiros desenvolvedores dos equipamentos eletromédicos utilizam, componentes isoladores nas fontes de alimentação e barramentos de comunicação de dados, que suportam isolação na ordem de 1,5KV até 4KV. Além disso, o design mecânico das estruturas metálicas dos equipamentos devem ser projetados para respeitar os requisitos dos parâmetros das distâncias de escoamento e distância de isolação através do ar em conformidade com a NBR IEC 60601-1.

Em nosso próximo conteúdo serão descritos como são realizados os ensaios utilizados para validação da segurança elétrica dos equipamentos eletromédicos, que são: Ensaio de Rigidez Dielétrica, Ensaio de Corrente de Fuga e Medição de Resistência de Aterramento. Fique atento ao nosso blog.

Autor deste conteúdo: Onofre Cândido – Analista Desenvolvedor de Hardware na Alfamed.

Foto: Banco de Imagens Google.
Rolar para cima